Sucesso:

Parabéns. Seus dados foram enviados com sucesso. Estaremos respondendo em breve.

Obrigado!

X FECHAR
Aviso:

Opsss. Para enviar é preciso preencher todos os campos!

X FECHAR
Erro:

Opsss. Não foi possível processar sua requisição

X FECHAR
Desafios, escolhas o que fazer?
Desafios, escolhas o que fazer?

         A todo o momento estamos fazendo escolhas e nem sempre fazemos as escolhas certas. Desta forma, estas escolhas conduzem a nossa vida e nos fazem percorrer caminhos.

         Mesmo ainda muito pequenos, as escolhas estão a nossa frente, e atrás delas os ensinamentos de nossos pais. Sim, os ensinamentos estão sempre frescos em nossas cabeças e quando optamos por determinados caminhos, sabemos que o que aprendemos determinará a escolha. Isso acontece diariamente, pois precisamos escolher o tempo todo, seja na alimentação, na escolha de um brinquedo, na prática de um esporte ou até mesmo na escolha de um amigo.

         Lembro-me muito dos ensinamentos de meus pais em relação as minhas escolhas e afirmo categoricamente que o que aprendi com eles me fez a pessoa que sou hoje e me faz de certa forma conduzir e apontar caminhos para meus filhos e alunos.

         A escola participa deste processo ativamente, mas as escolhas de hoje estão longe de ser um pouco parecidas com as de antigamente. A escola passou a não ter a mesma credibilidade que tinha antes e agora vemos com maus olhos quando um professor ou até mesmo a diretora da escola nos chama para uma conversa. Algumas vezes me parece que os pais fazem de conta que não veem o que os filhos fazem ou acham engraçada a forma como se comportam. As crianças e os adolescentes de hoje precisam causar, ou seja, sentir-se diferentes, precisam que todos vejam o que fazem mesmo que tal comportamento não seja exemplar. Porque eles são assim? Acredito que precisam se auto afirmar de alguma forma e mostrar um mau comportamento, falar alto, ou de alguma forma aparecer em frente aos adultos.

         Comece a prestar atenção quando você sair e tiver um grupo de jovens, no cinema, no shopping ou em qualquer outro lugar. Observe o comportamento dos jovens e se reporte ao seu tempo e imagine o que você faria e se este comportamento seria aprovado pelos adultos de sua família.

         Comece com sua família, preste atenção no comportamento de seus filhos e faça a diferença mostrando que bom comportamento e bons modos nunca caem de moda.

 Professora Patrícia Marafon Bogoni